Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog À Trois

Blog À Trois

 

pré-treino??

 

 

Este artigo é para ti. Sim, tu que gosta de ir a aulas de Zumba (mas só se for com aquele professor bonzão) ou tu, que vais duas ou três vezes por semana ao ginásio. Tu, que passas lá no máximo três quartos de hora, nos quais estás entre 30 ou 45 minutos na passadeira ou bicicleta estática a ler a "Vidas" ou a ver o feed do teu instagram. Tu, que vais treinar afincadamente durante 3 ou 4 semanas (normalmente na época "pré-verão") mas também és capaz de estar 3 meses seguidos sem por os pézinhos no ginásio. Tu que já leste os livros todos da Ágata Roquette, mas que uma vez por semana (vá, ás vezes duas ou três) comes há mesma um pacotinho de bolachas ou batatinhas fritas. E que à sexta e/ou ao sábado vais sair e, claro, bebes umas cervejas/vinho/gin tónico...Vá, não estejas chateado comigo... Sê sincero contigo próprio! Este artigo é para ti, certo? Se não te identificares (mesmo a sério!) podes passar ao próximo artigo ;) 

Ainda estás aqui? Pronto... Então vá, para ti os conselhos são:

1. Esquece a refeição pré-treino! Se não tens fome para que é que vais "enfiar" um lanchinho pré-treino? Para melhorar a tua performance?! Com esses treinos que fazes o mais certo é esse lanchinho ficar todo guardadinho na forma de gordura aí de ladex na anca e/ou na cintura.

2. Pós-treino... Para recuperar... Recuperar do quê? 30 minutos a andar/correr na esteira? Acho que vais sobreviver sem um batido de proteína!

 

Pronto... Agora que já estão todos furiosos comigo, com certeza que querem saber como é que eu sei isto tudo sobre vocês? É fácil, eu já fiz o mesmo (riso maléfico).

 

Agora dicas a sério (para os "atletas" acima descritos):

- Evitem gorduras ou comidas pesadas nas 2 horas que precedem o treino;

- Se quiserem aumentar a massa muscular apostem na musculação e ingestão de proteína no pós-treino imediato;

- Se treinam "a sério" procurem um profissional que prescreva uma alimentação à vossa medida! Cada caso é um caso (super cliché, mas é a verdade.)

 

Vá, perdoem-me lá. Quem diz a verdade não merece castigo, não é? 

 

Beijinhos,

Sara